segunda-feira, 27 de junho de 2011

Buquê - Matéria do site IG (Delas)

A tradição do buquê teve início na Grécia Antiga. Contudo, em vez de flores, as noivas carregavam ervas e alhos, que teriam o poder de atrair
boas energias. “Na história mais recente, as ervas deram lugar às flores”, diz a consultora de casamentos Vera Simão no livro “Casar - Do planejamento à celebração em grande estilo”, da Mescla Editorial. Hoje, a escolha se torna mais difícil. Formas, cores e combinações saltam aos olhos; e como não desejar todos eles? Confira algumas dicas preciosas e os significados das flores.

As dicas dos profissionais

Esqueça a velha ideia de combinar a espécie ou cor da flor com a da decoração da igreja ou da festa. “A produção da noiva não pode e nem deve seguir a essa linha. O interessante é que o buquê combine com a personalidade da noiva”, ensinam Ana Paola Liberatore e Isabela Ciampaglia, assessoras da Cheers Eventos. Também é preciso ficar atenta ao tamanho do arranjo. “O buquê é proporcional à altura e estilo de vestido da noiva”, explica a florista Adriana Nardozza.

As baixinhas devem ficar longe dos arranjos em forma de cascata, e as gordinhas, dos muito cheios. As altas podem se render aos maiores, mas deixar de lado a delicadeza. Para quem prefere apostar nos tradicionais buquês redondos, é preciso dosar bem o tamanho: em média 30 botões e cerca de 25cm de diâmetro, como recomenda Vera Simão.

Fica ai a matéria que eu achei super legal e pra quem quiser dar uma olhadinha nas opções de flores que tem no site é só passar por lá.
http://delas.ig.com.br/noivas/vestidoseacessorios/buque+dicas+e+o+significado+das+flores/n1237623403214.html

beijos enorme e uma semana abençoada a todas

3 comentários:

  1. e vc lú ja decidiu qual flor vai usar para o seu buque?

    ResponderExcluir
  2. Oi Glau eu ja escolhi sim vou de rosas acho perfeitooooo

    bjs

    ResponderExcluir

Adoroooo ver o seu comentario aqui... Beijos e volte sempre!!!